Se quiser receber as postagens por email, assine aí!

17 de maio de 2011

Como se mede a capacidade de alguém?


"Seu filho tem DDA, mas a boa notícia é que não demonstra hiperatividade!", disse a médica.

Diagnóstico fresquinho.

E na minha cabeça " de novo com o Théo?"


As notas dele nunca foram lá estas coisas e desde o 2º ano, ele pega pelo menos 2 matérias em recuperação.

Desde ano passado ele tem aulas de reforço.

Em março  deste ano, eu já havia recebidos 3 bilhetes da professora, uma reunião com a cordenadora e chegam o resultados das provas = todas notas vermelhas.

Relutei muito em dar a ele o medicamento, chama-se Ritalina.

Porque o tal medicamento tarja preta, pode atrapalhar o crescimento, e ele toma injeção diária de  hormônio, justamente porque ele não cresce.

Mas mesmo com a Ritalina, as notas continuavam baixas... e ainda ele parou de comer....e se irrita muito facilmente.

Você não sabe como isso tirou meu chão. 

Eu estudava com ele, não entendia o porquê dele não gravar, se ele conseguia fazer comigo tão bem os exercícios propostos.

Mas, com o diagnóstico da neurologista, ele teve uma segunda chance, refazer as provas, com a professora dele, em horário diferente, sozinho e quase toda a prova sendo lida para ele, pois esta é uma das dificuldades que ele tem.

Hoje foi este dia.

Estava super nervosa, estourou até espinha na testa...kkkk.

A Nega me liga : 

" Má, nem sei se estou atrapalhando mas eu tinha que te falar, o Théo foi super bem em todas as provas e a professora mandou um bilhete ; Maela, você pode dormir feliz hoje, o Théo rendeu muito, tirou nota máxima, tem excelente cognição, desenvoltura e fez ótima interpretação de dados e compreensão de conteúdo".

Esta professora, chegou a perguntar se ele eu havia feito teste de audição no garoto, e insinuou que ele poderia ser bipolar. ( surdo e louco?? )

Fico pensando, como fica quem não tem este apoio..... e como é que se pode medir a capacidade de alguém, apenas com um instrumento ( como a prova escrita )?

Feliz, aliviada e pronta para próxima ( brincadeira hein povo aí de cima, não mande mais nada pq foi foda )!

5 comentários:

Alexandra disse...

Dá-lhe Teteco !
Respiro aliviada, também.
Fiquei pasma com o apoio da escola, pois - ainda - encontramos uma certa resistência em lida com diferenças.
Me enche de orgulho vê-la como mãe.

Beijão.

Anônimo disse...

Maela parabens, eu sei muito o que voce sentiu minha filha tem 14 anos e tambem tem DDA, realmente tira nossos pés do chão, desde da primeira serie estudava com ela, fazia provinhas e tudo mais, sempre com acompanhamento medico, quando neuro disse que ela precisava tomar Ritalina, com seus 08 anos de idade surtei, minha filha tomando este tipo de remedio, assim foi tratamento com neuro, fono, psicologa.
Hoje ela esta 9º ano letivo, ano passado troquei ela de escola, ja não preciso mais estudar junto.

Parabens mesmo, dia apos dia ele vai melhorar, ate chegar momento de voces nao estudarem mais....
Bjs Keli

Aime Chiquini disse...

Maela,

Fico imensamente feliz que seu filho esteja se dando bem com a Ritalina agora!
Realmente eu imagino o quanto deve ser dificil pra uma mae ouvir que seu filho tem alguma dificuldade, nós sempre achamos que tudo tem que ser perfeitos, nos cobramos essa perfeição!
Mas ela vem das mais diversas formas!!!!!!

Relaxa que ele ta tendo acompanhamento e vc vai acabar vendo que os resultados positivos superam os efeitos adversos!
Isso estabiliza! E certeza q ele eh uma criança linda!!!!

Fico feliz em ver que vc eh essa mae preocupada e presente!
Exemplo!

bau da bubu disse...

Maela, a Aninha tomou ritalina, ficou extremamente agressiva, parou de comer, e qdo fui falar com a neuro q receitou, ela disse q sim, pode ser uma reação normal...normal???minha filha nao precisa estudar na USP, ela precisa ser feliz!!!cada ser tem seu ritmo, nao podemos impor um padrao e querer q ele se enquadre...e enche-lo de tarja preta para torna-lo mais capaz de ser o q esperamos dele. e aquela doçura do olhar do Theo???qm tem? tem remédio q consiga fazer alguem mostrar aquela capacidade de amar?? Cuidado pra nao querer ser a mae perfeita de um ser perfeito pq ele pode nao ser feliz dentro disso tudo. Procure conhece-lo e descobrir o q ele tem pra oferecer, a q veio..sera q vale a pena um menininho ter as notas azuis mas extremamente irritado, sem prazer de se alimentar??? tomando um remedio q o torna infeliz?????? Ele é criação de um Deus perfeito, lembra???...relaxa amiga...bj.

Maela disse...

Fico feliz com todo este apoio!
Lelê, vc é uma ótima mãe, não aceite críticas destrutivas!

Ção, vc é uma inspiração, qqr dia se vc deixar conto a sua história na minha ótica! Fique tranquila, pelo que verificamos, ele só precisa ser avaliado de forma diferente, pq o resultado foi dele e não da Ritalina.