Se quiser receber as postagens por email, assine aí!

5 de janeiro de 2012

Nas alturas

Fui lá ver a obra infindável no meu apto.

Um calor desgraçado, a peãozada  os trabalhadores braçais todos sem camisa e suando.

Cheiro da jaula do gorila.

Fui inspecionar os armários recém colocados e quando entro no quarto do meu filho dou de encontro com a janela de vidro fechada e o pintor lá dentro.

Suado tal qual um porco ( e cheirando pior ).

Já abrindo a janela , falo com o pintor :

- Pintor, porque você não abre a janela? Está quente demais! E como estamos no 13º andar, venta bastante, alivia este calor ( e este cheiro azedo ).

- Ahh dona, eu não abro porque tenho medo de altura......

Eu tentei não rir, mas escapou ......

- Desculpe rir, mas imaginei um açougueiro vegetariano.

E ele ficou com cara de "hein???"

PS : Mas na verdade eu imaginei a janelinha minúscula sugando aquele homem, igual numa cena de Poltergeist!