Se quiser receber as postagens por email, assine aí!

10 de novembro de 2011

Á venda

Minha mãe viria passar uns dias comigo.

Ela vem e ônibus, porque é mais prático e meu pai não fica a pé.

O horário em que chega o ônibus de Nova Odessa é 11:45.

Eu estava ansiosa, e 11:30 eu fugi do  escritório e fui para o terminal rodoviário, aguardar por ela.

Mas o ônibus estava atrasado e era meio dia e ainda não havia chego.

Eis que chega um senhor, aproximados 60 anos e me aborda (  perto demais para o meu gosto ) ;

- Eu queria carregar!

- Como??

- Sabe... meu cartão..... quero recarregar.

- Senhor, balcão de informações está ali, lá eles devem ter o que o senhor precisa.

- Você não está entendendo, eu posso pagar, quero.. recarregar.

- Senhor, não te entendo, já te disse que não trabalho aqui.

E virei as costas.

Nisso chega o ônibus de mamis, abraços, distração, entro no carro e entrando no túnel eu solto :

 - FILHA DA PUTA!!!!! Ele pensou que eu era uma!

Resultado, só busco minha mãe quando ela liga  avisando que está do lado de fora da rodoviária.

PS : Eu estava de calça preta, camisa branca e sapato. Que profissional do sexo se veste assim???

6 comentários:

Vanessa disse...

Vai ver ele tinha fetiche por executivas...hahaha

Essa rodoviária de Santos é bizarra...váaaarios tipos estranho.

Michele P. disse...

Maela

Eu continuo achando que ele pensou que você trabalhasse no terminal. Você estava comportada demais para uma "profissional do sexo".

rsrs


Beijos

Maela disse...

Meninas, sei que nunca mais usei o cinto com lantejoulas pretas que eu estava usando naquele dia...kkkk

Kelyanne Gualberto disse...

Adorei o blog! ;D
Arrumei meu cantinho por aqui, vou ficando...
Abraços

Maela disse...

Bem Vinda Kelyanne!!!
Que bom que gostou!!!

Anônimo disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk vc não existeee!!!!!!