Se quiser receber as postagens por email, assine aí!

11 de outubro de 2011

A LOUCA DO FERRO DE PASSAR


Era réveillon. dia 31 de dezembro para ser exata.

Junto com ela, tinham umas 20 pessoas na casa da irmã dela.

Tagarela e prestativa, ela acabou sendo  a última a tomar banho.

Ao checar o relógio, ela levou um susto, faltavam 10 minutos pra o ano novo.

Desesperou-se ao ver que a roupa que deveria estar passada na mala, estava parecendo que saiu da bunda da vaca.

E onde estaria a tábua?

Resolveu passar roupa na cama, mas desistiu ao ver que não tinha tomada perto da cama.

Aí ele teve a grande idéia, jogar o cobertor no chão e passar a roupa em cima.

Ligou o ferro e começou a passar.

E ela ouve um forte "CRAK"

E sem outro aviso o chão começa e estufar, levantando o piso e estourando.

Ela sai gritando, vestindo apenas a toalha :

"- Corre todo mundo, para fora agora, o prédio está desabando"

E as pessoas, que não sabiam de onde estava vindo aquele estrondo, obedeceram,

Passaram a virada correndo escadaria a baixo, já que o prédio estava desabando, nem pensaram em pegar o elevador.

Chegando no térreo, sentiram algumas emoções..... primeiro a alegria de estarem salvos, depois a estranheza de "ver a virada" do ano na escadaria do prédio, depois a revolta de perceber que o prédio estava inteiro e ao olharem para ela, de toalha no hall de entrada, fizeram a pergunta atrasada:

"-Porque você pensou que o prédio estava caindo? E de onde veio o barulho?"

E finalmente chegou o momento em que ela percebeu que o ferro quente estragou por completo o piso do quarto da irmã.

E o quão importante foram as aulas perdidas de física, em especial a parte sobre dilatação de materiais.

Para a família sobrou a vingança de deixa-la pelo menos 20 minutos para fora do apto, de toalhas e sem ceia,

PS : Eu não deixaria ela entrar NUNCA MAIS.

8 comentários:

Michele P. disse...

Esta história é real?
kkkkkkkk


Beijos

Vanessa disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Suas histórias são as melhores!!!!

Jussara disse...

Hahaha, inacre!

Maela disse...

Meninas... história real.

Só conheço gente doida!

Karolina disse...

KKKKKKKKKKKKKKK. Fiquei imaginando a cara de louco do povo na escada.

Mirella de Oliveira disse...

hahahahahahaha
Que situação!!


(acho que era você, hein? hahaha)

Maela disse...

Eu sou tão cara de pau, que quando sou eu acabo contando...kkkkk

Neste caso, não foi!

Anônimo disse...

Duvido!!!!
Rsrsrsrsrsrs...

Rick