Se quiser receber as postagens por email, assine aí!

2 de agosto de 2011

Quando a mentira vira verdade.


Eu o vi mentir de novo.

Desta vez foi por causa de um bombom.

Ele não queria que a esposa soubesse que ele deu um bombom para a colega de trabaho.

- Porquê você faz isso???

- O que?

- Porque você mentiu sobre o bombom??? Você comprou um para você, um para sua esposa e um para a vendedora. Porque você disse que a vendedora que trouxe?

- Para ela não ficar chateada.

- Você acha que ela ficaria chateada por causa disso????? A vendedora é amiga de vocês, tem idade para ser sua mãe, você é amigo do marido dela!

- Minha mulher é cheia de frescura, vai saber quando melindra....

- Eu acho que ela melindra porque você mente o tempo todo. Você tem memória para tanta mentira?

- As vezes ela me pega e fica muito brava, por isso não conto coisas que a chateiam, já basta quando ela me "pega".

- Você percebeu o círculo?

- Ah????

- Esquece.....

Mentir de vez em quando é necessário?

Eu acho que sim, eu não vou dizer que detestei o presente que alguém me deu, por exemplo.

Me lembro de uma situação ( acidente tragicômico )  em que minha tia mentiu.

Me lembro o porquê da mentira e hoje em dia não faz mais sentido.

E ela contou o acidente para outra pessoa estes dias.

Eu falei que não tinha sido bem daquele modo e contei como havia acontecido.

Ela NEGOU!

Não porque tinha medo da antiga mentira ( realmente não fazia mais sentido ) e sim porque ela ACREDITAVA na versão dela.

E ela nem é uma mentirosa compulsiva....

Criar personagens fictícios, inventar um contexto ou situação, quando ninguém lhe pergunta sobre o assunto, me parece coisa de psicopata, mas conheci muita gente assim.

Bom mentiroso tem que ter boa memória ou pelo menos contar a coisa do mesmo modo todas as vezes.

Ou acreditar naquilo que contou...

Mas voltando a falar sobre a verdade, ressalto que aquilo que acreditamos ser verdade, pode ser falso.

Famosa a frase : "tem a minha verdade, a sua verdade e o que realmente aconteceu".

Mas concordo com esta frase.

Tudo está sujeito a nossa interpretação.

Manga madura para mim é quando está doce e firme. Para minha mãe é quando está super doce e mole, e neste ponto eu acho que é quase podre..rs. Mas se você me pergunta se a manga está madura, eu vou dizer "sim" e minha mãe "não".

Quem nunca se enganou???

Nunca mentiu???

Julgou erroneamente uma situação???

6 comentários:

Eraldo Paulino disse...

Quem não mente não merece meu respeito.

Bjs!

Michele P. disse...

Na vida, é tudo relativo.
Inclusive a verdade.

E "Pra falar a verdade, às vezes minto."

Um abraço! =)

Daniel disse...

No livro "A mentira que os homens contam" Luis Fernando Veríssimo conta que mentimos para agradar, para alterar a realidade, para não magoar.

Pra mim desculpinha esfarrapada essa. A verdade magoa SIM, mas a mentira pode magoar mais ainda, pois entra no campo da falta de confiança do mentiroso, pelo aceite da outra pessoa, do quão Boa a outra pessoa pode ser ao relevar algum ato. E quando ela descobre, SE ela descobre, FODEU, a mágoa elava-se a décima potência.

Mas como não magoar alguém? Impossível, somos humanos, somos imperfeitos, ERRAMOS, repetimos erros, falseamos as verdades.

Então corremos o risco de magoar ainda mais quando mentimos.

Ahhh já não bastasse criar posts/comentários no blog de sua irmão perdida Elise estou criando aqui também.

Me desculpe, mas sou verborrágico.

Baci,
Dan

Vanessa disse...

Everybody Lies

Maela disse...

Eraldo : CONCORDO

Mi : Eu tb!


Dan, pode continuar com os comments post que eu adoro.

Vanessa, quem diz que não mente, está mentindo....kkk

Jussara disse...

Não suporto gente mentirosa, e conheço algumas. Mentirosos compulsivos, sabe? do tipo que vc já nem acredita pois sabe que ele nunca tá falando a verdade, ou do tipo que vc vive pegando a pessoa em pequenas mentiras.

Mas mentir todo mundo mente, se não a vida ficaria insuportável. São as tais mentiras brancas.

Dizem que uma mentira contada cem vezes se torna uma verdade...