Se quiser receber as postagens por email, assine aí!

8 de março de 2013

NÃO É dica de sexxxxta-feira.


Tá escrito aí na foto, que o site foi citado no Pânico, Jornal da Globo, etc, mas eu nunca tinha ouvido falar nisso até ontem.

Estava eu na manicure, ela me contando que o patrão deu um pé na bunda da terceira namorada desde o divórcio do mesmo. Eu disse que deve ser difícil se reencontrar depois de um casamento de tantos anos.

Ela riu.

- Que foi?

- Tonta de quem separa hoje em dia, eu resolvi meu problema de forma diferente.

- Qual problema?

- Meu marido. Nunca prestou muito sabe, sempre bebeu, mas preciso dele para ajudar a pagar o aluguel e por causa das crianças. Como ele é pedreiro se eu separar dele fico sem nada.

- E como você resolveu?

- Então, agora ele tá diabético. A senhora sabe né, diabético ó... fuimmmm ( e mostrou o dedo caindo ) e eu na secura. Aí minha amiga me falou de um site de encontros de casados.

- Encontro de casais?????

- Não... de casados!!!! Casados que querem trair. Chama seucondelóvi

- Tipo "par perfeito"?

- Não, só para casados!! Uma belezinha. Tô saindo com um policia. Tem que ver o tanque dele!

- Tanque?

- Isso, tem aquela barriga de tanque! Ele é lindo e careca igual o Vandizeu. Sabe, aquele dos velozes e furiosos?

- Sei....

- E a gente se encontra direto, assim eu não preciso terminar meu casamento e nem ele o dele. Agora to ajeitando um outro, porque acho que ele tá cheio de frescura para me encontrar.

Não respondi, só meu cérebro que gritava " TOO MUCH INFORMATION"

Verificando o site para poder postar no blog, descobri no mínimo 3.

Ashley Madison, SecondLove e C-Date.

Sem querer julgar a moça, sabe lá que tipo de dificuldade ela passa, que criação que teve, portanto não é este o fator relevante para mim, mas o site Ashley tem mais de 18 milhões cadastrados no mundo todo e o C-Date alega 7.500 novos membros por dia, além de 51% ser do gênero feminino.

Sabemos que a monogamia é um fator cultural e também de preservação do patrimônio familiar.

Também sabemos que existem animais que vivem a vida toda apenas com um parceiro, outros que fecundam o maior número de parceiras possível e também existe homossexualidade entre eles, por isso descarto a justificativa de "comportamento animal", animais somos todos nós.

Mas 18 milhões em apenas um site, me faz acreditar que a monogamia ( mesmo que a maioria não admita ) é uma imposição da sociedade e não um modo natural do bicho homem.

E sobre a minha opinião, prefiro continuar do jeito que sou, mas porque EU quero e não porque me sinto imposta a cumprir um papel.

2 comentários:

Camila Monteiro disse...

Que isso! To ficando velha mesmo! Hahahaha
Não sei se dou conta de um relacionamento assim nao!
Tive que comentar hj! Agora vou ali passar pelas letrinhas malditas! Hahahaha
Bjao Maela ...

Michele Pupo disse...

Já vi coisas piores. Como o assaltante que invadiu uma casa e encontrou os proprietários numa orgia. Os mesmos, crendo que se tratava de mais um integrante, chamou o meliante para a festinha.


.
.
.
.
Ele aceitou.
Na saída, limpou a residência.

O_o