Se quiser receber as postagens por email, assine aí!

24 de fevereiro de 2011

Vamos comer a Maela no almoço.


Lógico que desde criança eu escuto :

"- Oi Moela!!!! "


"- Olha lá a Moela vindo, será de galinha???"

E por aí vai....

Também era Marcela, Manoela, Mariela, até acertarem o diacho do nome.

Mas voltando para a Moela, tái uma coisa que nunca como.

Não gosto da cara, do gosto, nem do nome...kkkk.

E minha mãe também não, portanto, em casa nunca tínhamos moela para comer.

Quando eu fui trabalhar na Santista Têxtil , o almoço era fornecido pela empresa, já que qualquer local decente ficava longe da empresa.

Só para vocês terem idéia, do meu setor até a portaria eu levava uns 10 minutos andando.

E tem vários inconvenientes ao fazer suas refeições na empresa :

1) Cardápio : Tá..... tinham opções, mas as mesmas eram elaboradas de acordo com o valor que a empresa paga para a tercerizada. Me contaram as más línguas que a Santista pagava a mais barata para a GR, portanto, tínhamos SEMPRE um tipo de carne/frango/peixe e 2º opção omelete de frios. Mermão, era uma coisa parecida com um bolo, de cor esverdeada e uns pedacinhos de presunto, eu chamava de vômito assado, pela cor e pelo cheiro.

2) Qualidade : várias vezes peguei lagartas na salada, conhecida lá como salada Walt Disney, cheia de bichinhos animados. Também tinha o arroz carnavalesco ( só saía em bloco ) e o bife James Bond ( frio, duro e de nervos de aço ).

3) Horário : Meu almoço era as 11 da manhã. Muito cedo para mim. E para ajudar, meu setor era no acabamento do jeans, e para quem não sabe, aquela cor da calça black é feita com o corante preto enxofre. Sabe qual o cheiro de enxofre??? Dizem que é o cheiro do diabo ( ou do inferno ), mas é como o peido de quem comeu repolho e ovo com brócolis! Imagina bater o cartão perto disso e ir almoçar na sequência? Desumano!

 Num belo dia, indo para o almoço, me deparo com a novidade, o cardápio agora ficava em uma placa de acrílico iluminada, em tons de vermelho, logo na entrada do restaurante e lá estava... escrita com uma tosca letra cursiva :


Respirei fundo e pensei... FUDEU!!!

E assim chegam no restaurante todos os rapazes da Engenharia de Produção, fazendo coro :

"- VAMOS COMER MAELA NO ALMOÇO, TODOS COMEREMOS MAELA NO ALMOÇO."


Uma semana inteira de gozação, até o povo esquecer o assunto!

Post dedicado a Greice Vargas

e para a maldita da analfabeta cozinheira que não aprendeu fechar direito o "O". Porque não escreve com letra de fôrma????

6 comentários:

Rick disse...

Kkkkkkkkkkkkkkk...
Muito bom!!!!!
Figuraça!!!!

Elise Machado disse...

HAHAHAHAHA

Sara Dyenne disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkk

Seus post´s sempre muitoooo divertidos!

Greice disse...

Aiii Maela, adoreei!! Muito bom!!! Mas falei aquilo lá no face de brincadeira, pois não posso nem olhar pra tal moela. E muito obrigada pela dedicação :) Bjoos

Patrícia Nunes disse...

q nojo;...moela é foda....omelete tbm não me apetece

Greice disse...

aiii Maela, errei feio, rsrsrs...Não é dedicação, é dedicatória, q animal q sou, hahahaha
bjoo