Se quiser receber as postagens por email, assine aí!

16 de janeiro de 2013

E vamos jogar tudo fora.


Outra surpresa que tivemos na casa da praia foram os eletrônicos quebrados.

Microondas resolveu apitar e não esquentar.

A TV ficava selecionando menu e ajustando propriedades que eu nem sabia que ela tinha.

E o aparelho DVD player ficou gago.

Eu não sei como vocês fazem, mas ainda sou destas que leva roupa na costureira para trocar zíper, sapato para pintar e trocar salto e bolsa para consertar a alça.

Não gosto de jogar coisas fora.

Elas custam dinheiro, e dinheiro custa meu tempo ou seja, estas coisas custam um pedaço da minha vida.

Também não sou destas loucas que guardam fax em casa ou impressora matricial porque acham que um dia pode ser útil. Eu dou tudo embora.

Lar dos pobres, Ismênia, empregada, porteiro todos ganham coisas que não uso, mas eu dou o que está funcionando.

Voltando aos aparelhos quebrados, vou lhes passar os 2 orçamentos que já recebi.

- DVD - conserto R$ 70,00 e 3 meses de garantia para o mesmo defeito, novo ( marca melhor ) R$ 84,40, frete grátis e um ano de garantia.

- Microondas - conserto R$ 120,00 e 3 meses de garantia para o mesmo defeito, novo (marca equivalente ) R$ 153,81, frete grátis e um ano de garantia.

Ambos produtos novos consomem menos energia.

Sinto que em breve, teremos entupindo nossos bueiros não apenas garrafas PET, mas microondas, tvs, telefones sem fio e toda parafernália moderna, que dura exatamente o tempo de garantia... e nada mais.


3 comentários:

Michele Pupo disse...

Triste.


Kamila Rossi disse...

Obsolescência programada... triste mas é a realidade. As coisas não são mais feitas para durar!!!

Maela disse...

Nem para durar, nem para consertar.

Me lembrei daquela piada...
O neto pergunta ao avô qual o segredo de um casamento tão longo e ele responde que ele é do tempo que, quaado as coisas estragavam as pessoas consertavam e não jogavam fora como hoje.