Se quiser receber as postagens por email, assine aí!

30 de junho de 2011

CONHEÇA SANTOS





Antes que me joguem pedras, este texto, não é meu, recebí por email.


Não sei que é o autor ( provavelmente nunca saberemos, acho que ele não quer ser processado/morto...kkkk ) , mas quem mora na cidade sabe que, além de engraçado, o texto tem fundo verídico.


Coloquei fotos para ilustrar ( se você for dono de alguma e não curtiu eu retiro, é só  falar )




Santos é a maior cidade do litoral paulista,porém Santos não fica no Brasil. 
O Brasil fica em torno de Santos. 
Oficialmente , é a capital da Baixada Santista e acredita ser o centro da civilização desta região, do hemisfério judaico-cristão-ocidental e quiçá, de todo o universo.. 
É uma cidade que emergiu das profundezas do Oceano Atlântico, cortada por vários rios artificiais. Santos possui o maior porto da América Latina, e talvez de todo o universo! 
Santos é um reino e possui o controle de fato de toda a macro-região da Baixada Santista, cujas cidades se encontram na categoria de colônias de Santos.. Pelé acha que é o rei e os cidadãos acham que ele é só mais um idiota.
Santos criou Pelé (na verdade, roubou de Três Corações), Robinho (na verdade, roubou de sua colônia, São Vicente), o Santos Futebol Clube, e a Dengue. 
A cada três anos, há uma epidemia devastadora de dengue, que mata muitos dos habitantes de Santos. 
Isso acontece porque vários santistas da Zona Noroeste tem o péssimo hábito de ter Aedes Egypti como bichinhos de estimação. 
É a única cidade que, em 5 minutos de carro na avenida da Praia, você conhece 6 nomes diferentes para a mesma avenida. 
Junto com a colônia de São Vicente, forma a única Região Metropolitana do planeta, onde todos os ônibus têm escrito escrito "Circular" no letreiro, facilitando o vai-e-vem dos habitantes, que geralmente erram a condução que iam pegar. 
administração local ainda não descobriu o porquê de tanta confusão no transporte.



POLÍTICA

Até poucos anos atrás a Igreja Católica era comandada pelo Papa João Paulo II, para não perder a oportunidade, de poucos anos para cá, Santos é comandada por um tal João Paulo Papa. 
Mas, de certa forma, não interessa em quem o cidadão santista vota para prefeito, quem manda na cidade é um mafioso-empresário "a la Donald Trump"- empreiteiro português-russo-eslovaco de nome Armênio Mendes, dono de praticamente metade da cidade de Santos. Também conhecido como Dom Armênio I é o imperador-proprietário do Reino de Santos. 
A outra metade dividi-se entre duas famílias. A família Teixeira (dona do Bairro do Embaré, da Faculdade Santa Cecília, da TV Santa Cecília, da Rádio Santa Cecília, da Fábrica de Paçoquinha Santa Cecília e do Santos Futebol Clube) e a Santini (dona do Sistema A Tribuna, uma espécie de Globo Santista). Mas os supracitados potentados não passam de pó-de-traque quando comparados à figura majestática de Dom Armênio I e seu colossal poder econômico, maior que de muitos países.
Boatos confirmam que em breve, Dom Armênio I irá demolir toda o centro da cidade para fazer um enorme pesque-e-pague, um gigante parque aquático e um mega shopping. 
Conhecido como o  "Lorenzo de Medici da Baixada", Dom Armênio I costuma demarcar os seus domínios com horrendas esculturas e estátuas, sendo o "Polvo das Torres" a maior expressão do já famoso senso estético do empreendedor lusitano, seguido da escultura pornográfica localizada no centro do shopping
Praiamar.




O Grande Polvo demarcando um conjunto de prédios onde o tema central é a Antiga Grécia.
Prova de seu poder na cidade está na construção do hipermercado Extra, quando o próprio conseguiu passar a perna em seu patrício, Abilio Diniz,na venda do terreno.Sua suntuosa cobertura possui um ramal exclusivo do emissário submarino, que desemboca diretamente na Casa da Moeda. Tal providência fez-se necessária após a CETESB constatar que o rico português defeca dinheiro.


PORTO

Santos possui o maior porto da América Latina. São praticamente 14 km de extensão (e ai de quem duvidar disso)! 




Vários navios nacionais, internacionais estrangeiros e do resto do mundo descarregam muitas muambas e africanos clandestinos na cidade. 
O Porto de Santos era bastante conhecido pela exportação de café e açúcar, há muito tempo atrás.
Como ninguém mais bebe café, muito menos com açúcar, iniciou-se a exportação de soja e bolovo. Cubatão, aldeia indígena e colônia de Santos é a maior fabricante de bolovo do país. 
Isso ajuda demais a economia brasileira, já que a China é nossa maior compradora de bolovo. 
Deus sabe-se lá o que eles fazem com isso, porém supõe-se que o mesmo seja utilizado para alimentar os trabalhadores semi-escravos chineses e para o programa de armas quimicas do Exercito Chinês.
Também são exportadas pamonha, oriundas de Piracicaba, Queijo Minas de Porto Alegre, Queijadinhas de São Vicente e CD´s virgens, da Santa Efigênia. Alguns já vem até com a última versão do Windows, crackeado.

DISTRIBUIÇÃO DE RENDA

Santos, por ser excluida do continente, criou sua própria moeda, o Mango (tanto para singular como para plural). 
Mas como Santos não tinha porra nenhuma nada pra fazer com aquele dinheiro senão limpar a bunda (não devido ao excesso de dinheiro,e sim por que o dinheiro só era aceito lá), o Mango acabou por ser deixado de lado e o Real dominou geral.  
Atualmente os moradores chamam qualquer tipo de dinheiro de Mango. Ex: "dois Mango (Real); dois Dólar-Mango (Dólar); dois Euro-Mango (Euro); etc. 
90% do PIB de Santos corresponde à conta corrente de Armênio. Os 10 % restantes correspondem às gorjetas pagas por ele a garçons, motoristas e carregadores de malas. 
dinheiro das gorjetas circula pelo comércio e é responsável pelo andamento da economia santista.

MEIO AMBIENTE

Santos também é conhecida por ter o maior jardim à beira-mar do mundo, reconhecido pelo próprio
Guinness Book. 


Não que alguém fora de Santos se importe claro, até porque até hoje não descobriram quais cidades têm o segundo, o terceiro e o quarto maiores... 
Em meados da década de 1980 houve uma proliferação de ratos no jardim.  
O saudoso prefeito (da época, claro imbecil) Imperador Justus teve a brilhante-fantástica-comensurável-gloriosa-mediúnica e sintomática idéia de fazer a chamada "Operação Tom & Jerry" em ação: Tratava-se de jogar gatos vadios na orla da praia, pois gatos perseguem ratos. 
No entanto, os gatos se proliferaram (e cagavam na areia, proliferando o bicho-geográfico), e a prefeitura, para retirar os gatos da praia, resolveu jogar cachorros vadios na orla da praia. 
Cogita-se atualmente jogar ursos e leões para exterminar os cachorros.

TURISMO

Nos feriados e na temporada, Santos é invadida por turistas imundíssimos de São Paulo, do interior e até mesmo do Afeganistão.



Esses turistas injetam dinheiro na economia da cidade (eles são assaltados pelos maloqueiros santistas), mas em contrapartida, sujam as praias, as ruas, as pessoas e compram todos os biquínis disponíveis.
Dos turistas oriundos de São Paulo e da Grande ABC (e do resto do alfabeto), podemos destacar que os piores são os moradores de Osasco.
Essas pessoas costumam trocar as fraldas dos filhos em plena praia, trocar absorvente, trazem farofa, frango, canja em garrafa térmica, sanduíche de Patê de atum no papel alumínio e todinho na garrafa de 600ml de coca-cola para o almoço e acham que a água do mar é um enorme banheiro e motel público cicarellesco.
A praia santista é um enorme palco de atividade física. 
Destaca-se a prática do Futebol de botão de areia, andar de bicicleta ou correr atrás da sua na Psiclovia (também conhecida pelo elegante nome de Baianos e Furiosos) ou jogar Tamboréu. 




Por falar em Tamboréu, é um esporte criado em Santos - consiste em 2 ou 4 velhinhos rebaterem uma bolinha de tênis vagabunda com um pandeiro de madeira revestido com couro de gato vadio. As regras são iguais ao Tênis, só que diferente.
Ganha-se o jogo o idoso que não tiver um enfarto em quadra.
Quem gostar de apreciar as belezas marinhas, pode conferir a Laje de Santos também conhecida como Pedra da Feiticeira, é uma enorme pedra sem graça cheia de cocô de passarinho a mais ou menos 40 quilômetros do litoral santista. 




Há rumores de serem vistos raros espécimes marinhos no local, como lambaris, polvos, sardinhas, o golfinho Flipper, moradores de São Vicente e hippies malditos que vão para lá fumar maconha ou tomar chá de champignon e cantar músicas da Legião Urbana.
Uma paisagem interessante de Santos é a Ilha Porchat - que, na verdade, fica em São Vicente, mas os santistas adoram mostrar pros parentes que vêm de fora como se fosse de Santos mesmo.



Outra maravilha são os Bondes no centro da cidade.




O bonde tem uma linha ridícula para circular, aonde o visitante somente vai ver: Casas históricas destruídas, casas históricas que viraram estacionamento, casas históricas que viraram cortiços, casas históricas que não estão mais lá e viraram prédios públicos, mendigos, guardadores de carros, prostitutas, o pastel do japonês na rua XV de novembro (aonde a moça que vai fazendo a narrativa dentro do bonde puxa o saco pra garantir um pastel de graça) e o bonito prédio da bolsa do café aonde o relógio (torre) esta quebrado fazem anos e o segundo andar esta caindo aos pedaços e ninguém arruma aquela bagaça.


Santos conta também com o Aquário Municipal, segundo ponto turístico mais visitado do estado.



Nele você poderá ver incríveis espécies como,crianças melequentas, bebês chorões, pessoas com virose, e placas com informações sobre os peixes que você pagou R$ 5,00 para ver (os peixes em si ninguém jamais viu, ou sequer sabem se realmente existem, pois os aquários são bloqueados pelas cabeças das crianças melequentas).
Tudo isso em um ambiente fechado com climatização natural (bafo humano) para seu maior  conforto (e também para você sair rápido de lá, dando lugar para novos trouxas turistas.
O Orquidário Municipal é um dos recantos mais tranqüilos de Santos composto por árvores centenárias de mais de cem anos da época de Dom Pedro I, sua proximidade com o emissário submarino faz com que as plantas sejam adubadas diariamente através das partículas de gases gerados pela central de processamento de dejetos da região, tornando o local agradável como Rio Tietê. 


O local também é composto por várias espécies de trepadeiras, que normalmente afloram a noite principalmente dentro dos veículos que frequentam as ruas do local.
Outro ponto turístico famoso de Santos, criado por escultores portugueses que vieram para cá disfarçados de construtores de prédios, são os famosos Prédios Tortos da Praia. 






Os escultores portugueses quiseram superar os italianos pela famosa Torre Inclinada de Piza construindo não apenas uma torre, mas várias e espalhadas por toda Orla da praia de forma que um dia ela chegará a seu sublime objetivo e novo recorde de Santos: o maior efeito dominó do mundo!

CANAL 3

Santos é uma cidade divida em canais de esgoto históricos, altamente importantes para a sociedade, como causar dengue e dar o prazer de acrescentar um riquissimo vocabulário na fala dos Santistas. 
Em Santos não se diz o bairro residente para identificar a própria moradia e sim o número do esgoto canal, que foi misteriosamente batizado da direita para esquerda.
Um canal onde está a maior concentração de burgueses moradores da alta sociedade é o canal 3.
Curiosamente este lugar peculiar apelidado de "Vila Rica" gosta de adotar o sistema feudal, mas continua insistindo em forjar obras de caridade, onde os convidados são socialites que vão nas festas encontros caridosos, mesmo sem saber a causa ( "A Causa é o maior exemplo deles, onde todos vão para falar mal da roupa do vizinho que comprou um vestido na promoção, e não se lembram da causa da "A Causa"), mas passam meses escolhendo seus trajes na famosa "Azevedo Sodré". 
É preciso tocar o ego dessas pessoas tão generosas para que contribuam com alguma coisa que ajude alguém ae essa causa tão desconhecida pelos que "ajudam" nobre. 
Um exemplo de egocentrismo socialite em eventos de caridade, são as entrevistas do teleprograma "JB", um idiota apresentador, que entrevista as mais toscas importantes pessoas nem ai com a causa engajadas com a causa. 
Com certeza, é um belo local para se fingir que é ser uma pessoa amavél.

EVENTOS

Quase todos os fins de semana Santos é acometida por algum evento social ou esportivo. Geralmente são corridas urbanas que atrapalham o trânsito e causam muitos transtornos.

10Km Tribuna FM

Anualmente milhares de milhões de pessoas vêm à Santos para participarem da maior corrida pedestrianista de 10 quilômetros que existe no mundo, organizado pelo sistema A Tribuna de Comunicação (dona de pelo menos 50% da cidade e 110% dos meios de comunicação). 



O Evento reúne criaturas de toda a Terra e de seus astros ao seu redor. 
É possível avistar tais criaturas assistindo a corrida da janela de sua casa, enquanto eles passam em fúria gritando e balburdeando, e sujando as principais avenidas da cidade de saquinhos de água.
O trajeto de tal corrida começa na Sede Universal da A Tribuna situada no Centro Da Megalópole, onde todos se encoxam e pisoteiam-se na avenida enquanto aguardam o sinal de largada.
Depois acessam o Túnel de 48 km de extenção (a pé parece só alguns 300m). 
Avançam para a Avenida Ana Costa - que é conhecida por ser o Centro Nervoso da cidade, mas na verdade é composta de 68% de terrenos baldios e construções não acabadas. 
Ela é conhecia por ter os famosos aspirantes a coqueiros! 
São coqueiros que estão em formação há 20 anos que foram postos ali pelo o simples motivo de atrapalhar a viagem dos ciclistas que se aventuram em andar em uma ciclovia de mão dupla, onde só cabe uma bicicleta e meia de largura e ainda tem coqueiros mirins treinados para lhe dar galhadas na sua cara, sem mais nem menos...



Os competidores viram na Avenida Francisco Glicério, onde percorrem a pior parte do caminho.
Sempre faz um calor insuportável de 53ºC durante os 10 km e essa avenida não tem árvores o suficiene pra refrescar nada. 
Depois de atravessarem toda a Francisco Glicério que muda de nome (ninguém sabe por que) para
Afonso Pena, ao cruzar com a Conselheiro Nébias, e depois de correrem 599 km de buracos e asfalto mal feito, chegam até o Canal 5 e então trafegam até a Avenida da Praia, é impossível dizer o seu nome, porque nenhum santista sabe todos os nomes que a Avenida da Praia tem ao longo de seus 1500 km de extensão da Orla.
Lá eles são obrigados a correrem mais 840 km até chegar ao Gonzaga!
Tudo isso em apenas 15 min!
É importante afirmar que enquanto as criaturas bizarras correm feito loucos desvairados pela cidade, há pessoas que precisam se deslocar e acabam ficando presas em algum semáforo esperando aquele mundareu de coisas lentas passar.
Principalmente os caminhantes, que só chegam à linha de chegada depois de 26 horas de prova, e que param a cidade fechando todos os principais semáforos com sua... "Caminhança".
No fim das contas, nenhum santista jamais venceu essa maldita corrida.

CãoMinhada

Evento de nome mais exdrúxulo (eleito também pelo Guiness) que é mais social do que esportivo. Foi criado pelo Darth Papa como forma de se vingar da população depois que ele, ao sair de sua residência para uma corridinha pela praia, afundou seu tênis Nike até as canelas numa mina biológica deixada por algum animal de estimação de algum pacato cidadão. 
Mesmo após exaustivas análises e testes de DNA, não foi possível vir a descobrir de quem era aquela obra tão nefasta - podendo ainda ser um efeito da "Operação Tom & Jerry" e como consequência, o Darth Papa decretou e sancionou o dia da CãoMinhada, cuja finalidade é a de atazanar a vida de quem não curte bicho ou que quer pegar aquele sol na praia no Domingão. 
O objetivo do evento resume-se em andar com o seu cãozinho, gatinho ou periquitinha pela avenida da praia - que são devidamente fechadas ao trânsito de veículos - gerando a maior quantidade de minas biológicas possível.




Cada mina criada vale 10 pontos. Mina pisada vale 100 pontos. Durante o evento, são montadas  várias barracas onde os animaizinhos são obrigados a exibir alegorias, pinduricalhos ou qualquer outra boiolice que mostre na verdade, que o animal irracional é o dono e não o bicho na coleira que acaba não entendendo nada daquilo que está acontecendo. 



Colônias

Santos detém o controle de várias colonias ao seu redor. 
Essa região é conhecida como o Reino de Santos. 
Algumas das colonias de Santos são: 
Cubatão
Guarujá
São Vicente
Praia Grande
São Sebastião
Ilhabela
Caraguatatuba
Ubatuba
Mongaguá
Itanhaém
Peruíbe
Registro
Iguape
Ilha Comprida

CICLOVIA

Santos possui uma linda e grande ciclovia por toda extensão da praia e pela cidade. 
Todos os dias milhares de velhinhos e pedestres são atropelados nessa ciclovia, tendo o maior índice de mortalidade ficando apenas atrás da dengue. 




Na ciclovia diariamente ocorre a famosa travessia Santos - São Vicente, mais popularmente conhecida como corrida dos pedreiros.  
A corrida é muito bem organizada e duas categorias são disputadas: O pedreiro a chegar mais rápido em São Viselva e o pedreiro a carregar mais tralhas em uma bicicleta apenas ( pessoas contam nessa segunda categoria). 
Andar na ciclovia na hora da travessia é comparado a ser mandado à guerra do Iraque ou visitar a Zona Noroeste à noite devido ao grande risco de morte ou desmembramento.
Uma outra grande atração da ciclovia são os famosos Funkeiros que passam em suas bicicletas (roubadas,logicamente)cantando músicas de grande lirismo como o "Funk do Marapé" ou "Perdeu irmão, foi tomado" essa última sendo muito cantada pelo fato deles realmente tomarem sua bicicleta na ciclovia em si.

ACREDITE, NÃO EXISTE LUGAR MELHOR PARA SE VIVER EM TODO O UNIVERSO

6 comentários:

Mari disse...

Infelizmente é uma boa descrição da cidade de Santos.

Bjs

Michelle disse...

Maela, sou obrigada a comentar, AMO Santos,com tudo que tem e o que não tem!!! Eu recebi esse email no começo do ano e me desculpem....chorei de rir com ele!

Michelle disse...

Antes q alguem xingue...sou santista, moro aqui, subo e desço que nem maluca, morei em Sp durante anos e volteiiiiiii p/ pqna cidade de Santos! rs

Monte Verde MG disse...

Adorei o texto, quem o escreve tem um excelente humor, provavelmente poderia fazer um texto similar de qualquer outra cidade. Imagine um texto como este sobre São Paulo...

Karolina disse...

Gosto muito de Santos, é uma das cidades que penso em morar bem futuramente. Como paulista sinto vergonha alheia das atitudes de certos turistas (afinal todos acabam levando a fama). O texto é ótimo e realista, quem o escreveu conhece bem a cidade.

Maela disse...

Moro em Santos faz 15 anos. Só trocaria por Chicago!!