Se quiser receber as postagens por email, assine aí!

9 de dezembro de 2010

CRESCEI E MULTIPLICAI-VOS... E NA BUNDINHA VAI NADA NÃO?


Sou fértil.

Várias mulheres são eu sei.. e várias não são e eu sinto muito por elas, deve ser muito difícil.

Amo meus filhos com todos os problemas que eles tem e eles me amam mesmo sendo quem sou!

A questão é que sou MUITO fértil e não me adapto a nenhum método contraceptivo.

Meu primeiro contraceptivo foi a camisinha . Mas o látex corta minha pele e muito.
Com 18 anos tentei pílula, já que descobri que a camisinha me dava alergia.

Tentei todos os tipos de pílula, o efeito colateral mais suave foi enxaqueca.
Nesta brincadeira, aos 19 anos eu engravidei.

Com 17 semanas de gestação, um caminhão pipa me fechou e esmagou meu carro contra uma árvore. 3 dias depois tive hemorragia e perdi o bebê.

Comecei a namorar o Bob com 23 anos ( antes tive 1 namorado por 8,5 anos ).

Depois de 1 mês enrolando o moço chegou a hora... camisinha não era opção, mas usamos e parecia que eu havia transado com um pinto cravejado de tachinhas.

Aí Bob veio com a notícia, ele teve varicoceles, o que afetou os espermas e eles ficaram lentos.

Teríamos dificuldades para ter filhos.

Testes HIV feitos, fomos para o sexo sem proteção!!!

Fiquei grávida no mês seguinte. ( Isso porque eram lentos, imagina se fosse the flash... eu teria engravidado só de pagar blowjob? )

Gravidez de 45 semanas ( sou uma Aliá ) e nasceu Thiago.

Fui na gineco, que me passou 1 pílula enquanto eu amamentava, e lá vem sangue marrom, mudou de pílula e lá vem enxaqueca, suspendeu e a intenção era para implantar DIU mas... eu engravidei de novo.

Mas só descobri 4 meses depois, pois eu menstruava grávida. Quando eu descobri ( de uma maneira louca, contarei em outro post ) estava grávida de quase 5 meses de um menino fofo, assim nasceu o Théo.

Quando meu corpo deu chance, colocamos o mirena, recém lançado e caro á beça.

1 ano depois tive que retirar, pois eu sangrava constantemente. Segundo minha médica, ela já havia colocado quase 1000 destes e nunca retirou nenhum por falta de adaptação. Só o meu.

Daí fui sobreviver de tabelinha, coito interrompido, camisinha só na hora H, e foi assim que eu engravidei de novo.

Mas foi gravidez tubária, eu quase morri, o Bob caiu doente de medo de me perder e assim decidimos que era a vez dele se foder, porque eu estava de saco cheio!

Então ele fez vasectomia.

Por isso que eu não posso me separar nunca.

3 comentários:

Elise Machado disse...

Nossa, que história, chérie!!
Entendo perfeitamente (até niso temos alguma similaridade).
Embora nunca tenha engravidado uma segunda vez, tb sou fértil daquelas que se abraçar ele sem proteção, engravido, rs.

Afinal, engravidei MENSTRUADA. Nem comecinho, nem finalzinho - meio mesmo, hemorragia. E isso pq meu útero é retrovertido, o que teoricamente é um fator complicante.
A médica ficou chocada comigo, rs.

A minha sorte é que, diferente de você, me adapto bem à pílula.
Mas moooorro de medo de esquecer, e quando bobeio ou suspeito que bobeei, uso a camisinha junto.

Pode dizer ao Bob que depois desse post ele ganhou uma super fã, viu?
E que eu concordo com ele - ele é alfa ;)

Sara disse...

Caraca Maela!!!

Bom, não sei dizer que sou ultra fértil, mas quando engravidei tomei a pilula do dia seguinte horas depois do ato ((tipo, 2 horas depois)) e ainda assim engravidei...Isso aos 17 anos.

Hj uso o DIU de cobre...me adaptei muito bem graças da Deus!!

Ariane disse...

Fiquei até passada com sua história!!!

Nenhum método?! Caraca!!
Eu me dou super bem com a pílula e nunca bobeio não! MEDO!!! rs

E fiquei curiosa para saber como descobriu a 2ª gravidez!!!