Se quiser receber as postagens por email, assine aí!

12 de dezembro de 2013

Pessoas escrotas

Atenção :  post com muitos palavrões!!!



Existem pessoas que não nasceram, foram defecadas.

Só isso para explicar tamanha agressividade gratuita.

Estava na fila e uma adolescente passada ( devia ter uns 18-20 anos ) aborda a senhora na minha frente :

- Olha, eu tenho pressa e este mercado é uma bosta. Deixa eu passar que é só uma bolacha que vou levar.

- Não, não deixo. A fila rápida é lá na frente. Também seria deselegante com a moça aqui atrás de mim.

- Vai se foder, sua velha.

Me irritei ao máximo e disse para a criatura infeliz :

- Não sei o que a você tomou, cheirou ou fumou, mas sei o que deixou de tomar, uma surra quando era criança, mas se quiser eu arrumo isso agora.

Ela me mandou a merda e foi embora.

E neste exato momento minhas pernas começaram a tremer, pois nunca briguei na rua, nem quando era criança... o que seria se ela tivesse partido para cima de mim???

Pessoas escrotas, sempre extraindo o pior da gente.

3 comentários:

Michele Pupo disse...

Vira e mexe me irrito com pessoas assim e depois fico me sentindo mal por conta do estresse. Dia destes publiquei no blog um fato que aconteceu comigo e o Thomas. Uma moça, empinando seu direito na barriguinha, abandonou a fila preferencial e se dirigiu até aquela em que eu e ele estávamos. À nossa frente, um conhecido dela. Passou por nós sem ao menos pedir licença.
Com uma banheira de bebê. Uma banheira, babadores, roupinhas, sapatinhos e mamadeiras. No total, mais de vinte itens.
Não cedemos a vez. Não fomos consultados se podíamos ceder a vez. Não escutamos nenhum "com licença" ou "por favor". Nem nós, nem as outras pessoas da fila. Fomos simplesmente atropelados pela convicção de que "estou grávida e posso fazer isso", pelo direito de quem nasceu torto, pelo legado de um país em que a educação não é prioridade.
É triste.

Jussara disse...

Que bom que vc conseguiu reagir, Maela, ainda que depois suas pernas tenham tremido. E que pena que exista uma criatura tão mal educada quanto essa "adolescente atrasada". E a senhora à sua frente, disse o que, quando ela a xingou?
Muito triste isso, viu? Mas achei muito legal vc ter reagido. O mal existe pela passividade dos bons, algo assim, né? E hoje vemos cada vez mais a falta de solidariedade e o descaso com o próximo.

Anne disse...

Povo grosso, né? Educação parece ter virado artigo de luxo.