Se quiser receber as postagens por email, assine aí!

22 de maio de 2013

O que importa é o quanto você gasta ou o quanto você vale?


Estou seriamente pensando em fazer um facebookcídio.

Porque com certeza eu ando muito chata e sem paciência para babaquices.

Me incomodei com pessoas usando # sem estar no instagram, me incomodo com quem escreve errado, me incomodo com compartilhamento notícia falsa sem ao menos checar no Google e agora me incomodo com consumismo.

É um tal de as pessoas fazerem check-in em lojas "de marca", tirar fotos destacando a bolsa LV e fotografar e marcar que está fazendo a unha no salão que cobra o preço de dedos novos.

Canso de ver mulheres marcando de emergência com o maquiador porque terão um encontro com as amigas de "marca".

E são mulheres passadas dos 35!

Fofas, o que está havendo?

Você vale o que compra? Você vale o que aparenta???

Qual o problema de aparecer para tomar um café de chinelo, de andar sem maquiagem ( podem me gongar, quase nunca uso ), de usar apenas desodorante ao invés de ir FEDENDO perfume francês para a academia?

Sua aliança tem que ser Bvlgari, seu sapato Chanel, sua bolsa Prada.... mas você mora de aluguel!!!

E esta "praga" anda pegando na classe C.

Ouvi a faxineira do prédio falar que o marido vai comprar uma moto, mas tem que ser a marca X porque parece a Harley-Davidson.

Mas como????? Ouvi direito??

Brasileiro agora vai se endividar para comprar a porra do Camaro amarelo, que custa a merreca de 50 mil reais nos USA e aqui quase 180 mil??? Um carro que já dirigi e te digo que não é tudo isso.

Ontem mesmo desabafei no facebook :"Se você precisa de logotipos para se sentir especial, obviamente você é um saco...de grife, mas mesmo assim UM SACO!"


 E para coroar esta merda toda, veja o que fazem os "coitadinhos" com o bolsa família :




Pois é, você aí suando para pagar seu cartão da Riachuelo e a mulher comprando calça Levi´s para a filhinha.

5 comentários:

Eliane Barreto disse...

Sensacional o teu desabafo, Maela! Estou farta dessa hipocrisia toda também, gente que investe em 'coisas' um dinheiro suado, mas que não fala direito nem a própria língua!!! Beijos

Michele Pupo disse...

O povo não sabe se colocar no seu lugar.E a Eliane Barreto tem razão. Ontem mesmo estava lendo as postagens da esposa de um médico e pensando: tão bonita, tão rica e tão tão tão burra!

Maela disse...

Michele, nem te conto o que eu li nesta semana.
Um professor de exatas ( coordenador da Engenharia ) da USP me mandou um e-mail....
Nela ele responde que poderia marcar a reunião para "sesta".

Pelamor, nem corretor este povo consegue usar?

Camila Monteiro disse...

Maela esse é o exemplo do quanto as pessoas andam vazias hj em dia. Quando não possuem conteúdo passam a valorizar mais a embalagem!
Vejo demais isso na internet mesmo! Mas não delete seu facebook, todos os outros lugares estão assim, então estamos sem opção! Kkkk
Bjs

Karolina disse...

Também detesto essa ostentação. Vida perfeita só existe no facebook. Classe média é uma merda, você é o que você tem.