Se quiser receber as postagens por email, assine aí!

29 de fevereiro de 2012

O buraco Maia


Fomos visitar Chichen Itza   ( fundada em 435 a.C ).

Porque viagem sem cultura não tem sentido não é mesmo ?? ( menos para a Disney..que não se aprende nada, mas eu amo )

Visitamos todo o parque com um professor de história, o que deixou tudo tão interressante, a ponto do Thi grudar nele e  para a desgraça de quem não estava interessado ficar fazendo perguntas o tempo todo!

Depois de passar um dia calorento dos infernos olhando as pirâmides, chegou a hora boa, a visita ao Cenote Ik-Kil, carinhosamente rebatizado por mim de buraco Maia.


O cenote é um buraco de água doce, com altitude para salto de 27 metros e profundidade de 56 metros.

Tem peixes pretos ( grandes ) e luz natural, que misturados com cipó faz um visual incrível.

Inclusive um campeonato patrocinado pela Red Bull de salto ornamental é feito lá. 


Agora o legal mesmo, era o salto!!

Ir no ponto mais alto e pular dentro desta maravilha.

Fiz 3 vezes.

E os meninos umas 300 vezes.

Vou te contar o porquê de eu ter parado antes..... a bunda!

Quando você pula, a água demora a chegar nos seus pés. Você vê onde vai mergulhar, mas como você está caindo faz tempo, a reação normal é recolher as pernas ( eu ví várias pessoas fazerem isso, meus kids idem ), como se o tocar na água fosse te machucar. 

O resultado é que você dá uma bundada na água :


E minha bunda ficou vermelhíssima, como se eu tivesse levado vários tapas na bunda!

Mas vale cada dorzinha.

4 comentários:

Anônimo disse...

Pensei q o vídeo seria de vc pulando, haha!!!!

Michele disse...

Que delícia! :)
Agora, o Anônimo aí não te conhece direito, né Maela?
Você dá a vida, mas não publica o vídeo com você pulando... risos
(Se fosse eu, seria o contrário... perdi o bom senso no momento em que nasci...rsrs)


Beijosssss
Bom tê-la de volta!

Maela disse...

Em casa não tem um infeliz para segurar a câmera, apenas eu!

Portanto, raro eu sair em filmagens..... ( tb pq o Bob tb não sabe manipular a máquina, só sabe tirar fotos )

Jussara disse...

Agora entendi o buraco maia. rsrs

Eu fui mas não entrei. Tenho medo de água (não de todas), ainda mais assim em forma de "poço" (que ninguém me leia). Minhas amigas entraram.

Sem querer ser chata mas acho que deveria ser limitado o acesso das pessoas aos cenotes, com o tempo tende a poluir, estragar etc, tudo que já fizeram com rios e praias.